Clareamento Dental

Os dentes são órgãos calcificados que estão localizados na boca. Mas antes de serem responsáveis pela mastigação e trituração dos alimentos, os dentes fazem parte de um item de apresentação muito importante para qualquer pessoa: o sorriso. Não há quem discorde que um sorriso pode fazer milagres.

Um sorriso bonito tem tudo a ver com a estética facial, demonstra saúde, beleza, carisma, confiança e ainda é considerado uma das expressões universais mais usadas. Porém, devido a hábitos nem sempre saudáveis, os dentes podem apresentar uma coloração diferente da natural, que é esbranquiçada. Para esses casos, foi desenvolvida uma técnica que ajuda a alterar a cor dos dentes, sem modificar sua estrutura física: o clareamento dental.

Atualmente, o acesso a esse tipo de tratamento não é exclusivo de pessoas famosas ou que trabalhem diretamente com a aparência, como as modelos. Por influência da mídia, o quesito “beleza física” é muito importante, seja para manter um relacionamento pessoal ou para arranjar um emprego. Foi pensando nisso que houve um aprimoramento nas técnicas utilizadas no tratamento dental, assim além de corresponder as expectativas estéticas do paciente, acelera e torna mais eficaz o procedimento.

O tratamento odontológico está entre os principais meios de se melhorar a estética e aumentar a autoestima das pessoas. Acesse o site e entenda quais são as técnicas usadas, além de várias informações a respeito do clareamento de dentes.

Do que os dentes são formados?

Os dentes são órgãos presentes na boca do ser humano que estão fixados nos maxilares. Formados por tecidos mineralizados, os dentes são calcificados. A sua principal função é realizar a mastigação e trituração dos alimentos; por isso, possuem formas e tamanhos diferentes. Sua estrutura física é constituída por: esmalte, dentina, cemento, polpa e raiz. Cada um desses elementos possui uma função específica.

Esmalte: é responsável pela proteção, brilho e rigidez do dente. Ele reveste toda a parte externa e é considerado o tecido mais duro do organismo humano.

Dentina: menos dura que o esmalte, a dentina é o “corpo” do dente, ela que dá suporte ao esmalte. Tem cor amarelada e é responsável pela coloração do dente.

Polpa: composta por vasos sanguíneos e nervos, tem por função nutrir, reparar e dar sensibilidade ao dente. Sem polpa não há dente.

Cemento: tecido que reveste a raiz do dente.

Raiz: parte que mantém o dente preso ao osso.

Por que os dentes mudam de cor?

O que é dentes?Quando se é criança, basta escovar os dentes para que eles permaneçam brancos e bonitos. O acúmulo de determinadas substâncias fazem com que os dentes mudem de cor; porém, esse processo leva anos e o resultado varia de pessoa para pessoa, quem mantém uma higiene adequada e uma boa alimentação, acaba por retardar os efeitos do escurecimento. A ingestão excessiva de alimentos como café, chocolate, vinho tinto, refrigerantes e outros que contenham uma quantidade elevada de corantes, ao passar do tempo, acabam por alterar gradativamente a cor natural e trazer o mau hálito, se a higienização não for feita corretamente.

Antibióticos, tratamento de canal e principalmente o cigarro tem efeitos notáveis sobre a coloração do dente. Outro fator que influi por ter relação direta com o tempo é a idade.Ter dentes bonitos é um dos passos para uma vida saudável.